[Discussão] Tempo é reflexo de qualidade?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Discussão] Tempo é reflexo de qualidade?

Mensagem por Hekonzord em Sex Maio 24 2013, 20:24

Com toda aquela discussão dos FPS anuais e os jogos de esporte que vendem rios, mas inovam pouco, temos uma discussão iminente.

Tempo é reflexo de qualidade?
Acho que todos devem ter ouvido aquele ditado "dê tempo ao tempo", geralmente ele seria dito por alguém para que a pessoa em questão espere para que aconteça algo bom ou para que certa coisa dê certo, mas o que isso tem a ver com games? Tudo.

Hoje temos como o exemplo mais claro os FPS's que são lançados anualmente, que mudam pouco de um jogo para o anterior, que vendem muito bem, mas... estes são ruins mesmo que não mudem muito? Questão de gosto, mas certamente estes não seriam jogos em que a crítica por inteira iria adorar, que iria marcar nossas vidas ou que seria algo digno de lembrança, apenas coisas passageiras.

Temos os casos mais disfarçados como os jogos Mário, que são anuais, mas tem milhões de linhas diferentes à seguir, mas mesmo assim não são marcantes e as vezes até se pode tornar descartáveis, aí é que entramos na questão de tempo.

Jogos que vem com uma carga maior de tempo tem a tendência natural de serem melhores, pelas questões de um maior tempo para se pensar no enredo, na trilha sonora, um maior tempo para se polir os gráficos, para haver mais detalhes, pensar mais na jogabilidade, dar aos produtores um pensamento mais comodo etc.
Porém a questão é: Se todos os jogos levassem uma carga maior de tempo de produção, o mercado gamer ficaria parado por um longo período de tempo, os jogos que você teria de jogar você provavelmente você já teria-os terminado, mas será que valeria a pena ficar sempre esperando um longo tempo para jogar só para ter uma experiência melhor? Em minha opinião é um mal necessário, mas as proporções tomadas foram tão grandes que temos que repensar sobre isso novamente, mas mesmo assim, talvez esperar um grande período para termos jogos como BioShock Infinite no mercado vale a pena, porem aí entra a questão de tempo-qualidade, uma balança.

Temos os casos dos jogos com grande potencial, mas pelo baixo período de tempo acabaram por serem estragados, como The Walking Dead: Survival Instinct, que trouxe ideias boas, uma ambientação que poderia ser melhor aproveitada e personagens que poderiam ser melhores explorados e que tinham potencial, mas o período esdruxulo de apenas 6 meses de produção fez com que o potencial ficasse apenas no papel.

Outros casos como Crash Bandicoot na sua era de ouro, 4 jogos seguidos, levando o tempo de apenas um ano entre seus lançamentos, mas com uma diferença de qualidade sempre notória e em ascensão, como os próprios Mários, como Ocarina of Time e Majora's Mask que entre os dois tiveram curtos espaços de tempos, mas que são dois jogos marcantes para muitos, são casos exclusivos de produtoras que conseguem fazer um trabalho magnífico em curto espaço de tempo.

E aí, qual a sua opinião?
avatar
Hekonzord
Veterano Nv.21
Veterano Nv.21

Posts Posts : 916
Karma Karma : 69

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum