[Análise] RYSE SON OF ROME

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Análise] RYSE SON OF ROME

Mensagem por Heerghost em Sex Mar 28 2014, 09:54


ANÁLISE DE RYSE SON OF ROME


Bom pessoal, eu terminei a campanha do RYSE ontem e gostaria de dividir minha experiência com o pessoal do fórum. Minha intenção é fazer uma breve análise, sem spoilers, até mesmo para ajudar quem tiver interesse de comprar o Xbox One e o jogo RYSE.

Primeiramente quero dizer que RYSE foi o primeiro jogo de XONE que joguei até o final e na primeira vez que eu o joguei, eu simplesmente adorei!

Os gráficos:

Nem tudo são gráficos, eu sei, mas sendo um dos primeiros jogos “next gen” do Xbox One, é inevitável não esperar por belos gráficos, e mais inevitável ainda ficar babando nos gráficos de RYSE, os quais são espetaculares, e olha que ainda estamos no início da geração.

As animações do jogo são um espetáculo a parte, tudo bem elaborado e se desenvolve junto com a história do jogo. Não é como as animações chatas que “pulamos” para passar logo. Em RYSE as animações são como capítulos de uma trama ou série.

A ambientação histórica:

O jogo se passa na época que marca o início do declínio do Império Romano com as invasões barbaras. Roma está incrivelmente bem representada, os cenários, monumentos, construções, arquiteturas e até o coliseu estão maravilhosos, em alguns momentos eu me pegava parado apenas apreciando o cenário, os detalhes, as roupas dos soldados, generais, centuriões etc... tudo bem detalhado de acordo com a história romana. Até a cor dos uniformes e armaduras estão fiéis, com destaque para os Pretorianos (guarda particular do Imperador).

A jogabilidade:

Tratando-se de um gênero “hack'n slash” a jogabilidade de RYSE está muito bem trabalhada, deixando de ser apenas um “esmaga botões”. Em RYSE você utiliza combos para finalizar os oponentes e dependendo do combo utilizado o inimigo é decepado, mutilado ou degolado. Mesmo se você errar o combo você mata o inimigo, mas sem degustar das “finalizações” sanguinárias.

O jogador conforme vai progredindo na campanha pode utilizar de XP para melhorar ataques (dano), melhoria de vida e finalizações. Você vai “upando” o personagem, deixando-o mais forte e com melhorias significativas.

Jogando com o KINECT:
Em RYSE você pode optar por jogar sem o uso do Kinect, mas usando-o a experiência fica muito mais agradável (recomendo). Podemos usar comandos de voz no Kinect e é bem legal pedir auxilio ou ordenar seus soldados para atacar quando "o coro esta comendo" seus soldados dão cobertura atacando lanças ou flechas.

Modo Multiplayer:

No modo multiplayer, o qual eu ainda joguei pouco, posso dizer que se passa nos jogos (coliseu e gladiadores) onde você sozinho, ou com mais um amigo, enfrentam outros gladiadores na arena romana. O coliseu está muito lindo e cada combate é representado como um teatro contando com cenários e narração, como no filme gladiador. O coliseu possui armadilhas, fogo, armas que podem ser usados contra os inimigos e conforme você vai sobrevivendo, você compra armas, armaduras e “poderes” do Deus que você escolhe ser uma espécie de “padrinho” ou “protetor” antes de entrar na arena.
Jogar com um amigo usando o Headset é muito divertido e gratificante!

PRÓS:
- O jogo está dublado em português brasileiro e conta com uma excelente dublagem.
- Os gráficos e ambientação do jogo estão lindos e muito fiel ao contexto histórico.
- As lutas estão dinâmicas e os combos ficaram muito bem colocados no jogo.
- A história do jogo é muito bem contada e a trama vai sendo desenvolvida de um modo que você quer jogar mais e mais para ver o que vai acontecer.

CONTRAS:
- Eu acho que poderiam ter sido criados mais tipos de inimigos, as vezes parece que você luta com o mesmo bárbaro por várias vezes (tipo “você de novo aqui”).
- O jogo tem cara de ser mundo aberto mas não é. Até existem caminhos diferentes, mas nos leva para itens ou objetos escondidos, no final devemos seguir sempre o mesmo caminho.
- Muito jogo para um “hack'n slash” as vezes me pegava pensando “se este jogo fosse de mundo aberto e tivesse elementos de RPG” ou mesmo “imagina um Dark Souls ou Dragons Dogma com esses gráficos”

Resumindo:
Jogo “hack'n slash” com enredo focado nos dramas do Império Romano com gráficos excelentes e muito sangue. Indicado para fãs de “hack'n slash”, fãs do filme Gladiador e épicos vão pirar!

Deixo aqui meu abraço a todos do Fórum!
avatar
Heerghost
Veterano Nv.2
Veterano Nv.2

Posts Posts : 443
Karma Karma : 52

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Análise] RYSE SON OF ROME

Mensagem por Hayt em Sex Mar 28 2014, 12:14

Muito boa análise. Realmente os pontos estão muito bem listados. O jogo me interessa muito, principalmente pois sou fã de Hack 'n Slash.


Eu acho que poderiam ter sido criados mais tipos de inimigos, as vezes parece que você luta com o mesmo bárbaro por várias vezes (tipo “você de novo aqui”).

Problema clássico de Hack 'n Slash Laughing
avatar
Hayt
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Posts Posts : 3300
Karma Karma : 164

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Análise] RYSE SON OF ROME

Mensagem por Mauricio Bueno em Sex Mar 28 2014, 13:00

Ótima análise ! Foi meu segundo jogo do One que comprei.

Adorei o jogo, gráficos fantástico e como disse a dublagem está muito boa. Um ótimo exclusivo !!!
avatar
Mauricio Bueno
Iniciante Nv.5
Iniciante Nv.5

Posts Posts : 11
Karma Karma : 0

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Análise] RYSE SON OF ROME

Mensagem por ri em Sab Mar 29 2014, 10:21

Ah, não sei não, tem muita revista dizendo que o jogo não é bom, mas praticamente todos os gamers que jogaram disseram que gostaram e é um jogo que eu com certeza vou comprar. Parece que desenvolveram Ryse muito bem, o único grande problema seria matar os inimigos mesmo não acertando as finalizações.
avatar
ri
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Posts Posts : 4155
Karma Karma : 133

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Análise] RYSE SON OF ROME

Mensagem por Chazzy em Sab Mar 29 2014, 11:41

Olha essas imagens, só pela ambientação já dá vontade de jogar, eu nunca liguei pra análises, o importante é eu jogar e achar divertido.

O que me desanima é a curta campanha do jogo.
avatar
Chazzy
Moderador Nv.1
Moderador Nv.1

Posts Posts : 1270
Karma Karma : 100

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Análise] RYSE SON OF ROME

Mensagem por Heerghost em Sab Mar 29 2014, 22:15

ri escreveu:Ah, não sei não, tem muita revista dizendo que o jogo não é bom, mas praticamente todos os gamers que jogaram disseram que gostaram e é um jogo que eu com certeza vou comprar. Parece que desenvolveram Ryse muito bem, o único grande problema seria matar os inimigos mesmo não acertando as finalizações.

Então ri, você até mata os inimigos, mas fica mais demorado e mais difícil de lutar quando aparecem dois ou mais lhe atacando ao mesmo tempo.

Chazzy, sobre o tempo da campanha, eu também achei que poderia ser maior, mas também não é curta. Fica na média Smile  O bom é que mesmo após terminar a campanha, você pode continuar o modo multiplayer cooperativo ou até mesmo sozinho na arena e conforme você joga o gladiador vai evoluindo etc... isso faz com que você continue jogando o game trazendo mais "vida útil" ao jogo.
avatar
Heerghost
Veterano Nv.2
Veterano Nv.2

Posts Posts : 443
Karma Karma : 52

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Análise] RYSE SON OF ROME

Mensagem por Hayt em Seg Mar 31 2014, 13:46

Heerghost escreveu:Chazzy, sobre o tempo da campanha, eu também achei que poderia ser maior, mas também não é curta. Fica na média Smile  O bom é que mesmo após terminar a campanha, você pode continuar o modo multiplayer cooperativo ou até mesmo sozinho na arena e conforme você joga o gladiador vai evoluindo etc... isso faz com que você continue jogando o game trazendo mais "vida útil" ao jogo.

Dura em torno de quanto tempo? Se for de seis horas para cima está de ótimo tamanho para mim.
avatar
Hayt
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Posts Posts : 3300
Karma Karma : 164

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Análise] RYSE SON OF ROME

Mensagem por Heerghost em Seg Mar 31 2014, 16:19

Acho que umas sete horas ou seis horas por aí. O bom que depois você pode jogar na arena , tanto sozinho como cooperativo.
avatar
Heerghost
Veterano Nv.2
Veterano Nv.2

Posts Posts : 443
Karma Karma : 52

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Análise] RYSE SON OF ROME

Mensagem por Visionnaire em Ter Abr 01 2014, 01:44

Me interessei! Baita analise e um jogo que parece agradável visualmente. A proposta é bem atraente, acho que vale a conferida.
avatar
Visionnaire
Membro Nv.4
Membro Nv.4

Posts Posts : 63
Karma Karma : 7

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Análise] RYSE SON OF ROME

Mensagem por ri em Dom Abr 06 2014, 22:57

Heerghost escreveu:Acho que umas sete horas ou seis horas por aí. O bom que depois você pode jogar na arena , tanto sozinho como cooperativo.
Parece que não é tão curto assim, me disseram que não passava de três horas.
avatar
ri
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Posts Posts : 4155
Karma Karma : 133

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Análise] RYSE SON OF ROME

Mensagem por Heerghost em Dom Abr 06 2014, 23:12

Eu sou meio sem noção mesmo, mas por via das dúvidas eu vou deixar um link do site Kotaku, que descobri agora, que diz que o jogo tem dez horas no modo normal, e ainda uma boa analise. Abraço!

http://www.kotaku.com.br/review-ryse-son-of-rome/
avatar
Heerghost
Veterano Nv.2
Veterano Nv.2

Posts Posts : 443
Karma Karma : 52

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Análise] RYSE SON OF ROME

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum