Ascend: New Gods - Primeiras Impressões

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ascend: New Gods - Primeiras Impressões

Mensagem por Skywalker em Ter Set 17 2013, 14:11



Não sei se alguém aqui se inscreveu pro Beta, mas tem um tempo que acompanhava as notícias sobre esse jogo e essa semana recebi o código de acesso ao closed beta dele. O termo de uso do jogo dizia para não postar infos porque ainda era beta e etc, mas tô nem ai...

O que é

Confesso que antes de realmente jogar eu não tinha muita ideia do que realmente era o jogo. Um resumo rápido seria dizer que ele é um action-rpg com jogabilidade e gráficos muito próximos aos da série Fable, mas com um nível de complexibilidade maior. O jogo ainda conta com um sistema de mundos dos players e modos diferentes de afetar e interagir com outros jogadores (explicarei melhor mais abaixo)



Lore e universo ficcional

A história do jogo em si não tem muita importância mas para quem estiver curioso segue um resumo. O ambiente é um cenário fantástico de estilo bem parecido com Conan e Forgotten Realms. Nele os humanos foram massacrados e escravizados pelos titãs, sendo que agora a maior parte dos humanos idolatra os titãs como deuses, servindo tanto como fonte de poder para eles, como de alimento. Entretanto, uma nova raça de deuses começa a surgir, os três deuses novos (Lord of Dark, Lord of Light e Lord of Void) despertam seu interesse pela humanidade e resolvem iniciar uma campanha contra os titãs. Para isso eles enviam os Caos, que são vassalos gigantes que servem a um dos três deuses.

Sistema de criação e progresso de personagens

O jogo permite criar e personalizar o seu Caos em um nível básico. É possível escolher o rosto dele, seu tom de pele e cor do cabelo e da barba. De um modo geral, a maior parte dos personagens que você criar serão parecidos devido a armadura e elmo (que vão encobrir toda a personalização do Caos). Também é importante não criar muito vínculo pessoal com os personagens porque uma das mecânicas online dele tem como foco ficar sempre criando novos.

Os personagens progridem de duas formas: a primeira é aumentando seu level através de experiência, o que permite usar melhores armas e armaduras, além de aumentar o life. A segunda é obtendo Souls dos inimigos, que podem ser usadas para comprar equipamentos e armas melhores, melhorar ou comprar magias e itens.



Gráficos e mecânicas

Graficamente falando o jogo é bem simplório. Texturas em resolução mediana, personagens com baixa quantidade de polígonos, ambientes com poucos detalhes, iluminação simples e etc. A parte sonora também não se destaca em momento algum. Mas o jogo tenta compensar com boas mecânicas e um sistema "online" diferente.

O combate ainda é meio desengonçado (os produtores prometem que ele será aprimorado antes da versão final) e alguns inimigos ainda são overpowered para os personagens iniciais. Mas, superando essas dificuldades inicias, o jogo consegue entregar um combate simplista mas eficiente. Basicamente, utilizamos um botão para ataque fraco e outro para ataque forte (e suas combinações para gerar combos). Existe também um botão para defesa e outro para magia. As magias são dividas em magias de combate e magias que afetam o mundo dos outros jogadores, e é possível alternar entre elas segurando o LT. A mecânica se resume a defender e esperar o momento certo de atacar... ou quando enfrentar inimigos mais fracos, apertar o ataque fraco até sentir câimbras nos dedos.

Além do combate, existe uma parte de exploração em um mundo composto de áreas (de forma bem semelhante à Fable 2 ou 3). Em alguns pontos é possível encontrar altares e santuários dedicados aos titãs ou a outros deuses. Ao encontra-los, é possível derrotar os inimigos ao redor e reclamar o santuário/altar ao deus que você escolheu ao criar o personagem. Altares conquistados oferecem bônus nos status (quando você estiver nas proximidades), aumentam a quantidade de Souls que você ganha ao matar inimigos e faz com que os humanos da região adorem ao seu Caos. Essa parte é bem interessante pois é possível interagir de algumas formas com os humanos (que são minúsculos perto do personagem). É possível devorar os humanos para recuperar life (e ganhar experiência), é possível pisoteá-los, é possível arremessá-los nos inimigos ou chamar eles para subirem no seu personagem (fazendo com que eles recebam parte do dano que seria causado à você e também atacando com flechas os inimigos que se aproximarem).



Interação Online

Essa foi a parte interessante. Durante o jogo é possível ver os "fantasmas" de outros jogadores andando e lutando. Cada fantasma é identificado com a cor do deus que ele representa. É possível, através de magias e itens, interagir com esses jogadores, seja ajudando ou atrapalhando eles. Um exemplo é a magia "banish" que quando usada nos monstros do seu mundo envia eles para o mundo do fantasma mais próximo, sendo que a cada dano que eles causam no jogador você ganha souls. Outra forma é ajudar fantasmas do mesmo deus que o seu através de magia que recuperam a energia dele, aumentam seus danos ou enviam criaturas aliadas para ajuda-lo.

Outra forma de interação é através da Ascension, que "mata" o seu personagem e faz com que ele invada o mundo de outros personagens para conquistar seus altares ou santuários (sendo ele controlado pela I.A do jogo, e não pelo jogador). Ao ascender um personagem seu (isso pode ser feito a qualquer hora e em qualquer level), você automaticamente cria um novo personagem um pouco mais fraco, preservando os equipamentos e magias e o progresso do jogo. A ideia é ascender o máximo possível de personagens pois a cada outro player que ele matar você ganhará pontos que se convertem em bônus permanentes para todos os personagens posteriores que você criar). É claro, da mesma forma que você envia seu Caos para invadir o mundo dos outros, outros jogadores também enviam seus próprios personagens para tomar seus domínios. Outra coisa interessante é o mapa de "dominação global" que mostra qual deus está vencendo em qual área, baseado em quantos altares e santuários cada jogador daquele deus domina.

Caça-níqueis

O jogo usa o sistema free-to-play, onde ele é distribuído gratuitamente porém sobrevive de micro-transações. É perfeitamente possível comprar novas armas e atualizar seus equipamentos apenas com as Souls que você consegue derrotando os inimigos, porém é bastante cansativo pois você vai acabar gastando 40-50% do tempo em jogo só para farmar Souls para isso.

O jogo conta também com cross-play entre o Windows Phone e o Xbox.
avatar
Skywalker
Veterano Nv.17
Veterano Nv.17

Posts Posts : 812
Karma Karma : 12

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ascend: New Gods - Primeiras Impressões

Mensagem por darkkong em Ter Set 17 2013, 14:21

Uow, parece ser um bom jogo, darei uma olhada nele mais tarde !
Alias Sky, bom tópico, dei uma lida rápida aqui, e tá bom Wink
avatar
darkkong
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Posts Posts : 5453
Karma Karma : 80

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ascend: New Gods - Primeiras Impressões

Mensagem por ViTh em Ter Set 17 2013, 14:24

Carai esse negocio de fantasmas de jogadores tem no Dark Souls e é fantástico.

Ótima mini-analise.
avatar
ViTh
Moderador Nv.3
Moderador Nv.3

Posts Posts : 3750
Karma Karma : 206

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ascend: New Gods - Primeiras Impressões

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum